CartaExpressa

CEP pune Weintraub por chamar mãe de internauta de ‘égua sarnenta’, diz site

A censura ética é uma espécie de reprimenda da administração pública que ficará marcada no currículo de Weintraub

Foto: Luis Fortes/MEC
Foto: Luis Fortes/MEC
Apoie Siga-nos no

A Comissão de Ética Pública da Presidência da República puniu o ex-ministro da Educação Abraham Weintraub com uma “censura ética” por chamar a mãe de uma internauta de “égua sarnenta e desdentada”. A informação é do site Metrópoles, que teve acesso ao resultado do julgamento na 233ª Reunião Ordinária da CEP, em 25 de outubro.

Em resposta a uma usuária do Twitter que afirmou que Weintraub seria nomeado “bobo da corte” se o Brasil voltasse à monarquia, o bolsonarista escreveu, em 15 de novembro de 2019: “Uma pena, prefiro cuidar dos estábulos, ficaria mais perto da égua sarnenta e desdentada da sua mãe”.

A Comissão de Ética Pública é o órgão responsável, entre outras atribuições, pela apuração, mediante denúncia ou de ofício, de condutas de ocupantes de cargos da alta administração do Poder Executivo. Caso entenda que houve prática de infração ética por um agente, a comissão pode aplicar desde uma advertência até recomendar a exoneração. A recomendação é feita ao presidente da República, a quem cabe decidir se acolhe a sugestão.

A censura ética é uma espécie de reprimenda da administração pública que ficará marcada no currículo de Weintraub, exonerado do MEC em junho do ano passado.

CartaCapital

CartaCapital Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.