CartaExpressa

Câmara derruba veto e abre brecha para perdão bilionário a igrejas

Para agradar religiosos, Bolsonaro incentivou que os parlamentares derrubassem seu próprio veto

O pastor RR Soares. Foto: Divulgação
O pastor RR Soares. Foto: Divulgação
Apoie Siga-nos no

A Câmara derrubou o veto do presidente Jair Bolsonaro ao projeto que perdoa cerca de 1 bilhão de reais em dívidas tributárias de templos religiosos. A decisão dos deputados abre brecha para que igrejas não paguem esse valor aos cofres públicos.

O projeto de lei havia sido aprovado pelo Congresso em setembro de 2020. O perdão às igrejas é de autoria do deputado federal David Soares (DEM-SP), filho do missionário R. R. Soares. Como de praxe, após aprovação no Parlamento, o texto pode ser sancionado ou vetado pelo presidente da República. Apesar de apoiar o projeto, Bolsonaro decidiu vetá-lo.

O chefe do Palácio do Planalto alegou que é favorável à iniciativa, mas que a equipe econômica do ministro Paulo Guedes o alertou para a possibilidade de crime de responsabilidade fiscal, o que poderia desencadear um “quase certo processo de impeachment”.

Bolsonaro, então, incentivou que parlamentares derrubassem o seu próprio veto. “Confesso, caso fosse deputado ou senador, por ocasião da análise do veto, votaria pela derrubada do mesmo”, escreveu nas redes sociais.

Agora, a decisão da Câmara de derrubar o veto de Bolsonaro segue para o Senado, que pode confirmá-la ou revertê-la ainda nesta quarta-feira 17.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.