CartaExpressa,Política

Bruno Covas é extubado, mas segue internado em UTI do Sírio-Libanês

Bruno Covas é extubado, mas segue internado em UTI do Sírio-Libanês

O prefeito da cidade de São Paulo, Bruno Covas (PSDB). Foto: Governo do estado de São Paulo

O prefeito da cidade de São Paulo, Bruno Covas (PSDB). Foto: Governo do estado de São Paulo

O prefeito de São Paulo Bruno Covas (PSDB) foi retirado da intubação na noite da segunda-feira 03, afirmou a equipe médica que o acompanha.

Covas havia sido submetido ao tratamento após um sangramento no estômago ter sido identificado – que acabou sendo contido no mesmo dia. Ainda não há boletim médico referente à situação clínica do paciente nesta terça-feira 04.

 

 

O prefeito permanecem entretanrto, internado na unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Sírio-Libanês desde domingo 02, em continuidade do tratamento contra um câncer no sistema digestivo.

Em decorrência dos novos focos da doença encontrados nos ossos e no fígado, Covas encontra-se licenciado por 30 dias do cargo de prefeito.

A Câmara Municipal de São Paulo recebeu o ofício referente ao afastamento na segunda-feira, e não houve necessidade de aprovação em plenário. Neste período, o vice-prefeito Ricardo Nunes (MDB) assume a Prefeitura da capital paulista.

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Post Tags
Compartilhar postagem