CartaExpressa,Política

Bolsonaro não apresenta provas de fraude nas eleições de 2018

Bolsonaro não apresenta provas de fraude nas eleições de 2018

A Advocacia Geral da União pediu que o processo fosse trancado sem a análise do mérito

O presidente Jair Bolsonaro. Foto: Evaristo Sá/AFP

O presidente Jair Bolsonaro. Foto: Evaristo Sá/AFP

O governo federal não apresentou à Justiça provas de fraudes nas eleições de 2018, conforme acusa o presidente Jair Bolsonaro, que afirmava ter evidências de que deveria ter vencido a disputa no primeiro turno.

 

 

Na quinta-feira 4, a Advocacia Geral da União pediu que o processo fosse trancado sem a análise do mérito, após apresentar apenas uma análise técnica do caso.

A AGU argumentou que  a associação vinculada à ação pública não tem legitimidade para propô-la e que já existe outro processo, em curso da 4ª Vara Federal do Ceará, para tratar do mesmo tema.

Pela lei, ações com o mesmo objeto não podem tramitar em separado, sob o risco de serem encerradas com decisões conflitantes.

A ação na Justiça Federal foi a aberta a pedido da Associação Livres, movimento de liderança política que conta com integrantes do PSL, o antigo partido do presidente.

“Como há muito tempo Jair Bolsonaro faz tais declarações e não apresenta prova alguma, apenas por meio do Poder Judiciário é que se pode responder duas perguntas advindas da referida afirmação: Houve fraude eleitoral em 2018? Onde estão as provas?”, questionou o movimento à Justiça.

Leia a íntegra manifestação da AGU.

(Com informações do Estadão Conteúdo)

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem