CartaExpressa

Bolsonaro mandou a FAB sobrevoar o STF para quebrar vidraças, diz Raul Jungmann

Bolsonaro mandou a FAB sobrevoar o STF para quebrar vidraças, diz Raul Jungmann

O presidente da República, Jair Bolsonaro. Foto: Isac Nóbrega/PR

O presidente da República, Jair Bolsonaro. Foto: Isac Nóbrega/PR

O presidente Jair Bolsonaro mandou a Força Aérea Brasileira sobrevoar o prédio do Supremo Tribunal Federal para que as vidraças se quebrassem, segundo informou Raul Jungmann, ex-ministro da Defesa, em entrevista à revista Veja.

Segundo Jungmann, Bolsonaro “determinou que sobrevoassem o STF acima da velocidade do som para estourar os vidros do prédio”.

“Bolsonaro mandou fazer isso, tenho um depoimento em relação a isso. Ao confrontá-lo com o absurdo de ações desse tipo, eles foram demitidos”, disse o ex-ministro de Michel Temer (MDB).

Jungmann afirmou ainda que o episódio foi a gota d’água para a demissão dos três comandantes das Forças Armadas, em março deste ano. Segundo ele, os militares teriam se recusado a se envolver e deixaram o cargo por “respeito à Constituição”.

O Palácio do Planalto ainda não se manifestou sobre o caso.

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem