CartaExpressa,Política

Bolsonaro gastou mais de R$ 1 milhão em apenas três motociatas, diz jornal

Bolsonaro gastou mais de R$ 1 milhão em apenas três motociatas, diz jornal

O montante final dos passeios é ainda maior, já que o presidente ainda promoveu outras quatro motociatas além das investigadas pelo tribunal

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

O governo federal gastou 1,06 milhão de reais em apenas três motociatas do presidente Jair Bolsonaro. Os passeios ocorreram no Rio de Janeiro e em São Paulo, em maio deste ano, e em Chapecó, Santa Catarina, durante o mês de junho.

O valor é apontado pela própria Presidência da República e pelo Gabinete de Segurança Institucional em um relatório sigiloso do Tribunal de Contas da União. A informação foi revelada pelo jornal O Globo nesta quarta-feira 29.

Segundo informou o governo ao TCU, os valores consideram apenas gastos com segurança do presidente, veículos e combustíveis usados no evento. O montante final dos passeios é ainda maior, já que Bolsonaro ainda promoveu outras quatro motociatas além das investigadas pelo tribunal neste momento.

O processo que tramita na Corte contra o ex-capitão será julgado nesta quarta. Os ministros vão avaliar em uma reunião reservada se o presidente cometeu irregularidades ao promover os eventos. A investigação é resultado de uma solicitação da CPI da Covid no Senado.

O sigilo foi adotado, segundo informou o jornal, por se tratar de um tema que envolve o funcionamento do esquema de segurança do presidente, mas também por ser um assunto ‘politicamente delicado’ para Bolsonaro.

Apesar das altas cifras, a área técnica do TCU não apontou irregularidades nos valores por não haver um regramento sobre o que seriam viagens de interesse público ou não. A decisão final cabe aos ministros.

A apuração, no entanto, poderá ser aproveitada no Tribunal Superior Eleitoral, onde Bolsonaro é alvo de investigação sobre campanha eleitoral antecipada. O compartilhamento dos dados já foi solicitado pelo TSE.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem