CartaExpressa,Mundo

‘Bolsonaro chileno’ lidera disputa pela Presidência, diz pesquisa

‘Bolsonaro chileno’ lidera disputa pela Presidência, diz pesquisa

José Antonio Kast, candidata de extrema-direita no Chile. Foto: Reprodução

José Antonio Kast, candidata de extrema-direita no Chile. Foto: Reprodução

O candidato de extrema-direita à Presidência do Chile, José Antonio Kast, lidera a pesquisa eleitoral divulgada nesta quarta-feira 3 pelo instituto Atlas Político, com 31% dos votos. Na sequência, o ex-líder estudantil Gabriel Boric, do partido de esquerda Convergência Social, de orientação socialista, aparece com 21,4%.

 

 

Em terceiro lugar, Yasna Provoste, do Partido Democrata Cristão do Chile, está com 12,2%, e em quarto, Franco Parisi, do direitista Partido pela Gente, tem 10,1%. O candidato liberal Sebastián Sichel, indicado pelo atual mandatário, Sebastián Piñera, está em 5º lugar, com 9,2%.

O levantamento foi realizado nos dias 1 e 2 de novembro, com 2.266 pessoas. A 1ª rodada das eleições está marcada para o dia 21 de novembro.

Críticos comparam Kast ao presidente Jair Bolsonaro e ao ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump. Ele também liderou a pesquisa Pulso Ciudadano, com 26,5%, ligeiramente à frente de Gabriel Boric.

Já a pesquisa Data Influye, também de 3 de novembro, mostrou 32% para Boric no 1º turno.

As sondagens divergem sobre o cenário no 2º turno. Segundo o Atlas Político, Kast ganharia com 42,6%, e Boric perderia com 36,7%. Já a Pulso Ciudadano apontou 42,9% para Boric e 36,8% para Kast.

 

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem