CartaExpressa

Bolsonaro cancela viagem à Argentina, após Mercosul suspender reunião presencial

Bolsonaro cancela viagem à Argentina, após Mercosul suspender reunião presencial

O presidente da República, Jair Bolsonaro. Foto: Alan Santos/PR

O presidente da República, Jair Bolsonaro. Foto: Alan Santos/PR

O Palácio do Planalto confirmou há pouco que o presidente Jair Bolsonaro cancelou a viagem à Argentina neste mês para as comemorações dos 30 anos do Mercosul. O presidente havia comunicado no último dia 4 que iria ao País vizinho no dia 26 de março.

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, que ocupa a presidência pró-tempore do Mercosul, resolveu suspender a cúpula presencial de líderes dos 30 anos do bloco marcada para 26 de março e transformá-la em uma reunião virtual, devido à “situação sanitária” da região.

“Dada a situação sanitária que atinge os países da região, o presidente Alberto Fernández encarregou o chanceler Felipe Solá de informar seus pares do Mercosul que a reunião para comemorar os 30 anos do bloco, marcada para 26 de março em Buenos Aires, acontecerá virtualmente”, diz a nota do Ministério das Relações Exteriores argentino divulgada neste sábado 13.

*Com informações do Estadão e da AFP

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem