CartaExpressa,Política

Bispo chama Bolsonaro de ‘fascista’ e pede que Deus ajude a derrubá-lo

Bispo chama Bolsonaro de ‘fascista’ e pede que Deus ajude a derrubá-lo

O bispo Dom Vicente Ferreira. Foto: Reprodução

O bispo Dom Vicente Ferreira. Foto: Reprodução

Dom Vicente Ferreira, bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, chamou o presidente Jair Bolsonaro de “fascista” e “tirano”, sem citá-lo nominalmente, em publicação neste domingo 13 nas redes sociais. No texto, o líder religioso pediu ajuda a Deus para que Bolsonaro seja derrubado.

“Senhor, tu que fugiste de jegue para o Egito, mostra-nos um meio de nos livrar desse fascista brasileiro. Tu que entraste em Jerusalém montado num jumento, dá-nos a coragem de enfrentar o tirano que mata nossa gente. Livra-nos, Senhor, do desgoverno da morte. Está pesado demais”, escreveu.

Na sequência, o teólogo Leonardo Boff manifestou apoio ao desabafo: “Uno-me nesta oração para que Deus e a Mãe Terra tenham piedade de sua gente e nos livre de quem está produzindo um holocausto”. Em resposta, o bispo católico sugeriu a mobilização de uma “prece coletiva”.

Capixaba de 50 anos, Dom Vicente Ferreira ficou conhecido por seu trabalho em Brumadinho (MG), chegando a discursa sobre a tragédia em conferência nas Nações Unidas, em Genebra, em 2020. O bispo é doutor em Ciência da Religião pela Universidade Federal de Juiz de Fora e membro da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil.

 

 

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Repórter do site de CartaCapital

Compartilhar postagem