CartaExpressa

Ao contrário do que diz, Daniel Silveira nunca matou ninguém como PM

Em 2019, o parlamentar afirmou que acha que matou ‘uns 12’, mas os registros da PM desmentem sua versão

O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ). Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados
O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ). Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Ao contrário do que diz o deputado federal Daniel Silveira, preso após divulgar vídeos com ameaças a ministros do STF, ele nunca matou “uns 12” como afirmou em entrevista à revista piauí em 2019. Ao menos de acordo com os registros oficiais.

De acordo com um levantamento feito pelo G1 e pela TV Globo, ao longo da carreira como policial militar, Silveira jamais matou qualquer opositor em confronto armado.

Quando foi entrevistado em 2019 pela piauí, o parlamentar se vangloriou do período em que viveu como soldado da Polícia Militar do Rio de Janeiro.

“Não dá para contar quantas vezes acionei o gatilho. Mas não tive desvios de conduta, nunca matei ninguém. Não por erro”, disse rindo. E completou, ao ser questionado quantos matou: “Devo ter o quê?! Uns 12, por aí. Mas dentro da legalidade. Em confronto policial. É sempre em confronto. Já fui alvejado também, patrulhando”.

No entanto, segundo a reportagem do G1, não há qualquer registro de auto de resistência assinado por ele. O soldado Lúcio, como era chamado na corporação, também jamais apreendeu uma arma de fogo.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!