CartaExpressa

Anitta perde 200 mil seguidores e antecipa clipe em homenagem ao candomblé

Artista anunciou em suas redes sociais o lançamento do videoclipe da música Aceita, que fará homenagem a um orixá

Créditos: Reprodução Redes Sociais
Apoie Siga-nos no

A cantora Anitta perdeu mais de 200 mil seguidores em seu perfil no Instagram depois que anunciou o lançamento de um novo trabalho em homenagem ao candomblé, religião da qual é adepta.

A equipe da artista decidiu antecipar para esta terça-feira 14 o lançamento do clipe da música ‘Aceita’, que faz menção à religião. Antes, a data prevista para a estreia era a quarta-feira 15.

A cantora falou sobre a repercussão do caso em suas redes sociais e disse que o clipe mostra não só a sua religião, mas também a dos envolvidos na produção.

“Ainda fico um pouco assustada com a falta de evolução do ser humano. Nos dias de hoje, ainda um retrocesso tão grande nesse sentido, de aceitar, de entender, de respeitar os caminhos das pessoas”, disse a cantora, que abordou o tema da intolerância religiosa em um vídeo publicado em suas redes.

Na segunda-feira, já diante de uma perda de seguidores, a cantora disse que, em sua nova fase, preferia qualidade e não quantidade.

“Laroyê Exu tirando do meu caminho tudo que já não me serve mais”, escreveu a cantora ao comentar o episódio. “Nessa minha nova fase escolhi qualidade e não quantidade. Axé”, completou.

Laroyê é uma saudação a Exu, orixá mensageiro dos caminhos abertos. O orixá é equivocadamente associado à figura do diabo no imaginário cristão.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Relacionadas

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar