CartaExpressa

Alckmin ironiza ataques de Bolsonaro às urnas e diz que ‘chegou o tempo de Lula presidente’

O ex-governador e o ex-presidente participam de um encontro com lideranças de movimentos populares no Centro da cidade de São Paulo

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
Apoie Siga-nos no

O pré-candidato a vice-presidente na chapa de Lula (PT), Geraldo Alckmin (PSB), defendeu nesta sexta-feira 27 o protagonismo dos movimentos populares em um governo “democrático e popular”.

Lula e Alckmin participam de um encontro com lideranças de movimentos na Casa de Portugal, no Centro da cidade de São Paulo. Em seu discurso, o ex-governador afirmou que “é assim que se faz um programa, não fazendo motociata ou subindo em lancha e iate”, em referência a atividades do presidente Jair Bolsonaro.

Segundo Alckmin, “os movimentos terão voz e vez” em um eventual novo governo de Lula.

“Chega de sofrimento, de exclusão, de ódio, de violência, de morte, de desemprego”, declarou o ex-tucano. “Já foi dito que nada segura a ideia a que chegou o seu tempo. Chegou o tempo do emprego, do salário mínimo valorizado, da saúde melhor, da saúde pública. Chegou o tempo da esperança, chegou o tempo de Lula presidente.”

Alckmin ainda fez críticas ao governo Bolsonaro, com menções ao “negacionismo” na saúde e à “regressão” na educação. Também ironizou os reiterados ataques do ex-capitão ao sistema eleitoral brasileiro.

“Não é que o Bolsonaro não confia na urna eletrônica, ele não confia é no voto dos brasileiros. Ele sabe que não merece outro mandato.”

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.