CartaExpressa

‘Afastamento é irrevogável’, diz assessoria de senador flagrado com dinheiro na cueca

Chico Rodrigues, durante o período, não receberá salário

A assessoria do senador Chico Rodrigues afirmou nesta terça-feira 20 que o afastamento do parlamentar “é irrevogável, irretratável e sem recebimento de salários no período”.

Flagrado escondendo mais de 30 mil reais na cueca, Rodrigues pediu hoje uma licença de 90 dias do cargo. A decisão foi comunicada ao Senado. Com a medida, a expectativa no Senado é de que o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) não julgue a decisão individual do ministro Luís Roberto Barroso, que determinou afastamento de Rodrigues por 90 dias.

O julgamento está previsto para esta quarta-feira, 21. O senador é suspeito de participar de um esquema de desvio de recursos destinados ao combate à Covid-19.

Estadão Conteúdo

Estadão Conteúdo

Tags: ,

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!