CartaExpressa

Aécio ainda lamenta derrota para Dilma em 2014: ‘Chegamos perto’

Deputado disse ainda que ‘Presidência é destino’ e que não pensa, no momento, em disputar o cargo novamente

O deputado federal Aécio Neves (PSDB). Foto: Evaristo Sá/AFP
O deputado federal Aécio Neves (PSDB). Foto: Evaristo Sá/AFP
Apoie Siga-nos no

O deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG) ainda lamenta a derrota que sofreu na eleição nacional de 2014, para a ex-presidenta Dilma Rousseff (PT). De acordo com o parlamentar, que contestou o resultado do pleito à época, ele teria feito o ‘maior governo da história’.

“Eu saio do Congresso todo dia à noitinha e as vezes eu passo ali em frente à rampa (do Palácio do Planalto) e eu falo:’ chegamos perto’”, afirmou em entrevista ao jornal O Tempo na quarta-feira 8. “Eu fiz o que eu podia fazer e eu lamento, claro, pessoalmente, mas eu lamento muito pelo país. Nós iríamos ter feito o maior governo da história deste país”.

Na conversa, Aécio disse ainda que “Presidência é destino” e que não pensa, no momento, em disputar o cargo novamente. O deputado, no entanto, não descarta sair para o Senado na eleição deste ano. Pesquisa DataTempo coloca o tucano na liderança com 24,8% das intenções de voto.

“A minha prioridade hoje é ajudar a colocar Minas Gerais novamente no centro das decisões nacionais. Quando falta Minas, isso faz muito mal ao Brasil”, afirmou.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.