CartaExpressa

Advogado vai ao Ministério Público contra Bolsonaro por declaração homofóbica

Advogado vai ao Ministério Público contra Bolsonaro por declaração homofóbica

Por determinação do STF, a homofobia e a transfobia devem ser enquadradas na lei do racismo até a matéria ter legislação específica

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Foto: Reprodução/Redes Sociais

O advogado Tiago Pavinatto, doutor pela Faculdade de Direito da USP, recorreu ao Ministério Público Federal requerendo ação penal contra o presidente Bolsonaro e a radio Jovem Pan por declarações homofóbicas durante entrevista na quarta-feira 21. As informações são do Painel, da Folha de S. Paulo.

Na ocasião, um dos funcionários da emissora disse ter tomado ivermectina ao ser infectado pela Covid-19. O remédio é ineficaz contra a doença, embora defendido por Bolsonaro.

Após a fala, o presidente respondeu: “Cuidado, ivermectina mata bichas, hein? Toma cuidado”.

O advogado, que se apresenta na peça também como comunicador e bicha, destacou: “Em mais uma demonstração de desprezo à solenidade do cargo que ocupa, fez uma de suas famosas ‘brincadeiras’ com o apresentador, uma ironia que, contudo, foi incapaz de ocultar sua natureza agressiva e criminosa”.

Por determinação do Supremo Tribunal Federala a homofobia e a transfobia devem ser enquadradas na lei do racismo, até que o Congresso aprove uma legislação específica para a matéria.

 

 

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem