CartaExpressa

“Acha que tenho medo do Bolsonaro? Eu nasci na rua”, diz Lula

‘Daqui a pouco ele só vai poder visitar quartel e fazer reunião com miliciano’, afirmou o ex-presidente em entrevista

Apoie Siga-nos no

O ex-presidente Lula voltou a criticar, nesta sexta-feira 28, o presidente Jair Bolsonaro. Segundo o petista, o ex-capitão nunca trabalhou na vida e usa o cargo para aumentar o próprio salário. “Acha que eu tenho medo dele?! Eu nasci na rua, minha vida política é na rua”.

Lula concedeu uma entrevista à rádio Tiradentes, do Amazonas. Na conversa, o ex-presidente também comentou a sua popularidade nas pesquisas. O petista é líder em todos os cenários.

“O Bolsonaro quando sai na rua precisa de mil policiais fazendo segurança. Vem falar que eu com medo de ir pra rua?! Ele que tá com metade do que eu tenho nas pesquisas. Daqui a pouco ele só vai poder visitar quartel e fazer reunião com miliciano”, afirmou.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.