CartaExpressa

À PF, Zambelli defende impeachment de ministros do STF e critica Moraes

À PF, Zambelli defende impeachment de ministros do STF e critica Moraes

A parlamentar foi ouvida no inquérito que apura a organização e o financiamento das manifestações em favor do presidente Jair Bolsonaro

(Foto: Reprodução/Twitter CartaCapital)

(Foto: Reprodução/Twitter CartaCapital)

Durante depoimento dado à Polícia Federal no domingo 5, a deputada federal Carla Zambelli disse ser ‘legítimo a remoção de representantes de Poderes’ e criticou o ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, ao dizer que ele ‘ultrapassou os limites legais com suas decisões’. As informações são da CNN.

A parlamentar foi ouvida no inquérito que apura a organização e o financiamento das manifestações em favor do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) previstas para o dia 7 de setembro. Zambelli é uma das organizadoras dos atos em São Paulo.

Durante seu depoimento, a deputada negou que tenha feito críticas pessoais ao ministro Alexandre de Moraes, mas às suas decisões. Zambelli questionou em suas redes sociais a prisão de dois organizadores das manifestações de 7 de setembro: o blogueiro Wellington Macedo e o caminhoneiro Marcos Antônio Pereira Gomes, conhecido como Zé Trovão.

“Todos que ocupam cargo público, inclusive o Ministro Alexandre de Moraes e eu, devem saber que as críticas vêm juntamente com o exercício do cargo público. Devemos saber ser criticados e entender que isso faz parte do guarda-chuva constitucional da liberdade de expressão. Não podemos admitir que uma injusta intervenção no sagrado direito de manifestação venha a usurpar o direito do cidadão por meio de uma ilegítima intervenção na liberdade de expressão, o que seria absolutamente inconstitucional”, afirmou Zambelli, que ainda afirmou que os atos a favor de Bolsonaro no 7 de setembro não tem viés antidemocrático.

“Uma festa da democracia, da liberdade”, colocou.

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem