CartaExpressa

A justificativa de Flávio para liderança de Lula e derrota de Bolsonaro nas pesquisas

Filho 01 do presidente arrumou uma desculpa para o desempenho do pai na corrida eleitoral

Jair e Flávio Bolsonaro. Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Jair e Flávio Bolsonaro. Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Apoie Siga-nos no

O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) tem uma justificativa para o desempenho do presidente Jair Bolsonaro (PL) nas pesquisas de opinião. O ex-capitão aparece atrás do ex-presidente Lula (PT) em todos os levantamentos.

Pesquisa do instituto Datafolha, divulgada no fim de maio, mostrou que o petista lidera a disputa pela Presidência da República com 21 pontos percentuais de vantagem sobre Bolsonaro. Lula soma 48% das intenções de voto, ante 27% do ex-capitão.

Para Flávio, no entanto, os levantamentos “não pegam o nosso eleitor”. “O nosso eleitor é o servidor público, o militar, o evangélico, que na hora da pesquisa, está no culto. É um pessoal mais reservado”, afirmou em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo.

Para desacreditar as pesquisas, o filho 01 do presidente ainda inventa que “todos os CEOs de instituto de pesquisa têm relação com a esquerda”.

“Nosso termômetro de aceitação sempre foi a rua”, acrescentou o senador. “O Lula não sai na rua, é tudo evento controlado. O Jair sai em qualquer cidadezinha vem uma multidão”.

Ao contrário do que diz Flávio, o Datafolha apontou também que Lula ampliou a vantagem sobre Bolsonaro na projeção para o segundo turno.

O petista aparece com 58% das intenções de voto, ante 33% do ex-capitão (25 pontos percentuais de diferença). Na rodada anterior, de março, a liderança era de 55% a 34% (21 pontos percentuais).

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.