CartaCapital

Governo de SP acusa Kim Kataguiri e Arthur do Val de invadirem hospital

Parlamentares falaram sobre ‘fiscalização surpresa’ por terem destinado emendas parlamentares ao hospital de Guarulhos

Créditos: Reprodução Créditos: Reprodução
Créditos: Reprodução Créditos: Reprodução

O deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP), e os deputados estaduais Ricardo Mellão (Novo) e Arthur do Val (Patriotas), o Mamãe Falei, invadiram o Hospital Geral de Guarulhos na tarde da sexta-feira 16, segundo a Secretaria Estadual de Saúde.

A pasta publicou um vídeo em suas redes sociais com o registro do momento. No texto, a secretaria afirma que os “parlamentares invadiram o Pronto Socorro e tentaram acessar – à força – a área restrita do hospital para atendimento a casos graves de Covid-19, onde é permitida apenas a circulação de profissionais de saúde, promovendo aglomeração e risco à equipe e aos pacientes da ala”.

Ainda na publicação, a pasta coloca que “a conduta destoa do que é esperado de autoridades públicas, que deveriam ser exemplo e zelar pela segurança da população, principalmente em tempos de crise sanitária global”. A secretaria viu a atitude como um “ato de desrespeito não apenas com os profissionais da saúde que ali atuam, mas também com as vítimas da doença e seus familiares”.

Em resposta, o deputado Kim Kataguiri negou o ocorrido e disse ser “bizarro que no meio de uma pandemia a pasta dedique seu tempo para espalhar mentiras na internet”. A publicação endossou um vídeo gravado pelo parlamentar Arthur do Val (Mamãe Falei), onde afirma terem realizado uma “fiscalização surpresa ao hospital”. A unidade, segundo o deputado, foi escolhida devido ao envio de emendas. “É importante verificar se o trabalho é feito de maneira completa”, afirmou.

Ainda de acordo com Do Val, houve “um choque de uma fiscalização surpresa com vídeo; as pessoas resistem e isso é normal”, mas que “em nenhum momento usamos de grosseria e violência”.

O parlamentar afirmou que ele e os demais deputados foram acompanhados “100% do tempo” pelo diretor do hospital e sua equipe e que “não visitou UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e área covid”. “O resultado foi terminar ela parabenizando fazendo uma salva de palmas baixinha pro pessoal da equipe do hospital que fizeram um excelente trabalho.

O Hospital Geral de Guarulhos 60 pacientes internados com quadros graves da Covid-19, sendo 27 em enfermaria e 33 em UTI, segundo informações do governo.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!