Colunas e blogs

Manifesto pela redenção democrática e econômica do Brasil

Viemos a público manifestar nossa defesa a uma única via democrática nas eleições presidenciais de 2022: Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), durante comício em São Paulo. Foto: Ricardo Stuckert
Apoie Siga-nos no

O Observatório do Banco Central se posiciona como defensor de uma única via democrática nas eleições presidenciais de 2022: a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva pelo Partido dos Trabalhadores (PT).

Na última década, o Brasil sofreu múltiplos atentados à sua jovem democracia. E hoje, como nunca, nos vemos em uma encruzilhada que não reflete apenas a natural divergência de ideias e de pensamentos, que marca o regime democrático e o livre pensar. Nos encontramos em uma encruzilhada entre a civilidade e a barbárie.

As eleições que se aproximam serão cruciais para que o país retome a sua posição de protagonismo no combate à fome e à miséria, duas das mais perversas mazelas sociais. É necessário que o Estado brasileiro volte a ser dirigido por um Governo genuinamente democrático e comprometido com a superação de entraves históricos ao desenvolvimento social e econômico.

Estaremos sempre comprometidos com o ensino público em todos os seus segmentos, destacando o caráter fundamental de uma educação pública, gratuita e de qualidade, um dos pilares que sustentam o desenvolvimento de qualquer sistema econômico e social. O Estado brasileiro tem a urgência de retomar o projeto de desenvolvimento e de inclusão social – iniciado na primeira década do século XXI e ceifado em meados da segunda década do mesmo século.

Assim, viemos a público manifestar nossa defesa a uma única via democrática nas eleições presidenciais de 2022. No próximo domingo será feita uma escolha fundamental: de um lado, a defesa de uma democracia liberal baseada em princípios republicanos; de outro a manutenção de um governo fascista disfarçado de democrático.

ENTENDA MAIS SOBRE: ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo