Augusto Diniz | Música brasileira

Jornalista há 25 anos, Augusto Diniz foi produtor musical e escreve sobre música desde 2014.

Augusto Diniz | Música brasileira

Maior baluarte do carnaval de São Paulo lança primeiro álbum autoral aos 91 anos

Carlão do Peruche, que frequentou as rodas de origem do samba paulista, faz registro à posteridade

Foto: Heitor Feitosa
Foto: Heitor Feitosa
Apoie Siga-nos no

Seo Carlão, 91 anos, fundador da Unidos do Peruche, lançou seu primeiro álbum autoral. Com o nome de Carlão do Peruche, as 12 faixas do disco mostram o excelente partideiro que foi e a diversidade de sua obra musical dentro do samba.

O sambista, hoje cego, é uma lenda do carnaval. Antes do início dos desfiles do grupo especial, no último dia 22, uma abertura oficial foi feita homenageando todas as 34 velhas guardas das escolas de samba de São Paulo – e Seo Carlão, o maior baluarte vivo do carnaval paulistano e um dos chamados quatro cardeais do samba, responsável pela oficialização do carnaval na cidade junto ao poder público nos anos 1960, foi o abre-alas.

Seu Carlão, no entanto, tem um marco ainda maior: foi frequentador dos batuques de Pirapora, principal agrupamento de negros que deu origem ao samba paulista, nos anos 1930. 

Disco cheio de malemolência

O primeiro álbum autoral de Carlão do Peruche, disponível nas plataformas de música, resgata a diversidade de sua composição desde os anos 1950. Apesar de ter composto com históricos sambistas de São Paulo, como Geraldo Filme e Toninho Batuqueiro, neste novo disco Carlão traz somente composições suas em letra e melodia. Trata-se de um importante registro à posteridade.

Segundo Bruno Baronetti, historiador e biógrafo de Seo Carlão, ele compôs mais de 300 sambas, mas parte foi esquecida, como aconteceu com muitos sambistas de sua geração. “Como a maior parte deles era excluída da indústria fonográfica, inclusive sambista do Rio, muita coisa se perdeu”, diz.

Carlão do Peruche chegou a ter músicas gravadas por Germano Mathias, Demônios da Garoa e Osvaldinho da Cuíca. O primeiro álbum de Seo Carlão tem partido-alto, samba-exaltação, marcha-rancho, samba de terreiro ou de quadra e samba-enredo. 

“Mas ele é da oralidade, da improvisação. Ele é um grande partideiro e tem talento de improvisar versos construídos nas rodas de samba que frequentou, desde a Praça da Sé”, conta Baronetti. 

O disco abre com Repicar dos Tamborins, hino da escola. Na sequência, Exaltação a São Paulo, samba-enredo de 1967 que deu o último título no grupo especial à Unidos do Peruche – a escola desfila atualmente no grupo de acesso 2 do carnaval de São Paulo. 

“O álbum é uma homenagem a griô [na África, significa aqueles que transmitem história e conhecimento], a um dirigente de escola de samba, alguém que participou ativamente da oficialização do carnaval e do atual modelo carnavalesco. Uma pessoa que dedicou décadas de sua vida à tradição ao carnaval, ao movimento negro de São Paulo”, ressalta o historiador. 

Carlão do Peruche gravou o disco com o grupo Os Sobrinhos do Seo Carlão: Olegário Junior (violão), Anderson Borba (cavaco), Ronaldo Gama (baixo, arranjos), Ananza Macedo, Luama, Ligia Fernandes (coro), Koka Pereira e Tiago Prates (percussão), Léo Carvalho (bateria) e Romulo Larico Pampa (trombone). A realização do projeto independente é de Walter Antunes e a direção, de Ronaldo Gama.

Augusto Diniz

Augusto Diniz
Jornalista há 25 anos, com passagem em diversas editorias. Foi produtor musical e escreve sobre música desde 2014.

Tags: , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.