Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / Missa de corpo presente reúne parentes e amigos

Sociedade

Oscar Niemeyer

Missa de corpo presente reúne parentes e amigos

por Agência Brasil publicado 06/12/2012 11h38, última modificação 06/12/2012 11h38
Apesar de ateu, ele sempre pedia para que fosse celebrada uma missa quando algum conhecido ou parente morria, diz neta

Vitor Abdala
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro - Durou 20 minutos a missa de corpo presente do arquiteto Oscar Niemeyer, na capela do Hospital Samaritano, na zona sul do Rio de Janeiro. A missa foi celebrada na manhã de quinta-feira 6 pelos padres Jorjão, da Igreja Nossa Senhora da Paz, e Omar Raposo, da Paróquia Cristo Redentor, ambas na zona sul, e teve a presença apenas de parentes e amigos.

A neta do arquiteto, Ana Lúcia, disse que o avô, apesar de ateu, sempre pedia para que fosse celebrada uma missa quando algum conhecido ou parente morria.

 

O corpo do arquiteto permanece no hospital e ainda nesta manhã será levado para o Aeroporto Santos Dumont, de onde seguirá em voo fretado para Brasília. O cortejo será escoltado pela Guarda Municipal. Na capital federal, o velório ocorrerá no Palácio do Planalto até a noite, quando o corpo retorna ao Rio, para ser velado no Palácio da Cidade, sede da prefeitura do Rio.

O enterro está marcado para amanhã (7), no Cemitério São João Batista, em Botafogo. O horário ainda será definido.

Oscar Niemeyer morreu na noite de ontem (5), no Hospital Samaritano, em Botafogo, onde estava internado desde o dia 2 de novembro, vítima de complicações renais e desidratação. Por causa de uma infecção respiratória, o arquiteto, que estava na unidade intermediária do hospital, ficou sedado e respirando com auxílio de aparelhos. Niemeyer morreu às 21h55. Ele completaria 105 anos no próximo dias 15.

Veja aqui galeria com imagens das principais obras de Niemeyer em Brasília.

 

*Matéria originalmente publicada na Agência Brasil