Você está aqui: Página Inicial / Cultura / Além do Japão

Cultura

Cinema

Além do Japão

por Orlando Margarido — publicado 29/07/2012 10h10, última modificação 29/07/2012 10h10
Traffic - 1º Festival de Cinema e Cultura Asiática de São Paulo estreia em agosto em São Paulo
japaopost

A conferir. O Sono Dourado, longa do cambojano Davy Chou

Traffic - 1º Festival de Cinema e Cultura Asiática de São Paulo
3 a 9 de agosto

Houve um tempo em que as salas de cinema do bairro paulistano da Liberdade eram o ponto de encontro de cinéfilos à procura da melhor produção japonesa. Não apenas a comunidade afluía aos endereços como o Niterói. Entre os notórios frequentadores deste estava o cineasta Carlos Reichenbach, que sempre dizia ter formado ali seu olhar para a arte. A memória do realizador, que morreu em junho passado, e a lembrança de uma convivência com a cinematografia oriental na capital a partir dos anos 1950 se tocam agora na programação do Traffic – 1º Festival de Cinema e Cultura Asiática de São Paulo, de  3 a 9 de agosto no Cine Olido, Cinemateca Brasileira e Cine Livraria Cultura.

A homenagem a Carlão é singela e conta com a exibição de Contos da Lua Vaga, de Kenji Mizoguchi, clássico responsável por atraí-lo à direção. Ele seguramente aplaudiria a iniciativa de ampliar a exibição do cinema oriental além do japonês que tanto amou. Em outras cinematografias impensáveis no circuito até há pouco, há nomes desvendados pela plateia cinéfila e outros a descobrir. No primeiro caso está o coreano Hong Sang-soo, figura constante nos festivais como Cannes, onde há 2 anos venceu a seleção Um Certo Olhar com Hahaha. Além deste, outros quatro títulos do diretor estão escalados, O Dia em que Ele Chegar, O Filme de OK, Mulher na Praia e Como se Você Soubesse Tudo. O atrativo é conferir realizadores desconhecidos, estreantes no longa, como o filipino Marlon Rivera (A Mulher na Fossa) e o cambojano Davy Chou (O Sono Dourado).