Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / Fábio Assunção detona ação na Cracolândia

Sociedade

Polêmica

Fábio Assunção detona ação na Cracolândia

por Redação Carta Capital — publicado 17/01/2012 16h10, última modificação 17/01/2012 16h16
'Nossas autoridades passeiam pela cracolândia como se estivessem no Simba Safari', escreveu o ator no Facebook

Em seu perfil oficial no Facebook, o ator Fábio Assunção manifestou repúdio à postura de autoridades e de parte da sociedade que defendem a ação policial na região da Cracolândia, no centro de São Paulo.

Assunção, que recentemente foi internado numa clínica para dependentes químicos, escreveu que a discussão em torno do assunto “deixa evidente a dificuldade do homem em assumir e ser honesto frente à questão da dependência”.

 

“Quem realmente anda batendo cabeça não me parece ser apenas os dependentes de álcool e drogas”, escreveu o ator.

Sem citar o nome do governador Geraldo Alckmin (PSDB), ele criticou o fato de as autoridades passearem pela Cracolândia “como se estivessem no Simba Safari, olhando os animais do carro, rezando para não serem atacados”.

Assunção lembrou que 14% da população mundial, cerca de 700 milhões de pessoas, convivem com o problema e citou a “hipocrisia” com que os dependentes são tratados pela opinião pública, reduzidos à mera condição de “drogados”.

“Enquanto não nos libertarmos do nosso sentimento equivocado de superioridade aos que vivem num labirinto de desespero e solidão, e enquanto não formos honestos com nossas vidas, essa tristeza vai continuar”, escreveu.

“Um dia seus filhos os farão pensar sobre isso de forma humanitária. Nada como um dia após o outro. Crime é fechar os olhos àquilo que precisa de inteligência e verdade, além, claro, de amor”, completou.

Muito formador de opinião não conseguiu tocar tão perto da ferida.

registrado em: , ,