Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / Suplicy "Se iniciarmos a renda básica, sempre haverá estímulo ao progresso"

Sociedade

Entrevista - Eduardo Suplicy

Suplicy "Se iniciarmos a renda básica, sempre haverá estímulo ao progresso"

por Vitório Tomaz — publicado 01/08/2016 17h07, última modificação 01/08/2016 19h33
Ex-senador fala sobre a proposta de implementação da renda básica e a compara com o programa Bolsa Família
13682454_10153757187342543_2060940106_o.jpg

A renda básica de cidadania é uma proposta que reúne apoio entre socialistas a liberais, encontra argumentos que variam de questões como a erradicação da pobreza a condições básicas de consumo em um contexto do mundo pós trabalho.

Experimentos sobre a proposta têm sido feitos desde a década de 1960 na Alemanha, Dinamarca e Holanda. Nos últimos anos, a proposta foi testada em Macau e começou a ser testada em Maricá pelo prefeito Washington Quaquá (PT).

No Brasil, desde 2004 a questão virou lei sancionada pelo então presidente Lula. CartaCapital esteve na terça-feira 26 na casa de Eduardo Suplicy para conversar sobre a proposta.

Suplicy foi reconhecido em fevereiro deste ano com o título de Dr. Honoris Causa pela Universidade Católica de Louvain (Bélgica), como defensor da renda mínima no Brasil e no mundo. Veja como foi a entrevista: