Você está aqui: Página Inicial / Política / PT não vai conduzir eleição no Recife, diz Eduardo Campos

Política

Eleições 2012

PT não vai conduzir eleição no Recife, diz Eduardo Campos

por Redação Carta Capital — publicado 12/06/2012 19h17, última modificação 12/06/2012 19h25
Governador sinalizou que vai abandonar o barco petista na capital pernambucana, mas negociação com Lula segue
humberto-costa-e-lula_i1

Senador Humberto Costa (PT-PE) ganhou o apoio de Lula no início da campanha

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), disse nesta terça-feira 12 que irá comandar o processo eleitoral da Prefeitura do Recife independentemente das decisões do PT na capital. O governador sinalizou que as disputas internas do PT em Recife podem fazer o partido perder o apoio do PSB em Pernambuco e o direito de comandar a sucessão.

"Numa eleição presidencial, você procura o presidente para saber como ele conduzirá o processo. De governador, é o governador que conduz o processo. Para prefeito, é o prefeito. Diante da crise petista, procurei o prefeito João da Costa e disse a ele que o PT perdeu o direito de ser o condutor do processo eleitoral do Recife", disse Campos nesta tarde, segundo o Diário de Pernambuco.

O atual prefeito do Recife, João da Costa, havia saído vitorioso de prévias realizadas o secretário de governo Maurício Rands. O processo sofreu denúncias de fraudes e a Executiva Nacional do PT interveio, impondo a candidatura do senador Humberto Costa (PT-PE). Na segunda-feira, João da Costa entrou com um recurso no Diretório Nacional, a instância decisória mais alta do PT. Ele pede a anulação da decisão da Executiva. O diretório deve se reunir até o final do mês para decidir sobre a situação.

Campos já exonerou 4 secretários do governo estadual na semana passada e nesta terça disse que eles têm credibilidade para concorrer à prefeitura. Eles são Geraldo Júlio, do Desenvolvimento Econômico, Danilo Cabral, das Cidades, Tadeu Alencar, Casa Civil, e Sileno Guedes (Articulação Social).

Diálogos com Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva encontrou Humberto Costa em São Paulo nesta terça no Instituto Cidadania junto com o presidente da legenda, o deputado estadual Rui Falcão (PT-SP). Em nota distribuída à imprensa, Lula afirmou que é importante manter a aliança com o PSB em Pernambuco e que vai fazer campanha por Humberto Costa.

O ex-presidente deve se encontrar com o governador ainda nesta semana. Além da questão de Recife, também deve ser fechada a aliança do PSB com o PT em São Paulo em torno do ex-ministro da educação Fernando Haddad (PT).

registrado em: ,