Você está aqui: Página Inicial / Política / PT e PSDB disputam domínio nas capitais

Política

Eleições 2012

PT e PSDB disputam domínio nas capitais

por José Antonio Lima publicado 08/10/2012 10h20, última modificação 08/10/2012 13h05
Cada um dos partidos venceu em uma capital no primeiro turno. No segundo turno, oito tucanos e seis petistas estão na disputa. PSB, PDT e PMDB também podem crescer

A disputa que polarizou a política nacional nos últimos anos será reproduzida pelas capitais no segundo turno das eleições municipais de 2012. PT e PSDB ganharam uma capital cada no primeiro turno e são os partidos que mais disputarão segundos turnos no fim de outubro. Hoje, o PT detém uma certa hegemonia nas capitais (tem sete de 25 cidades) e, além de se preocupar com o PSDB, estará de olho no PSB, no PMDB e no PDT, que buscam crescer nas cidades mais importantes dos estados.

No primeiro turno, o PT conquistou a prefeitura de Goiânia, com a reeleição de Paulo Garcia. O partido está em outras seis disputas no segundo turno: Cuiabá, Fortaleza, João Pessoa, Rio Branco, Salvador e São Paulo. Em todas elas, a disputa é sensível para o PT, pois as derrotas significariam automaticamente as vitórias de rivais no plano federal ou do PSB, parceiro com qual trava uma disputa interna na base aliada do governo Dilma Rousseff.

Em Cuiabá e Fortaleza, os candidatos petistas enfrentam rivais do PSB. O partido, integrante da base aliada ao governo Dilma Rousseff, vem crescendo e ameaçando a hegemonia petista na aliança. O PSB, que hoje tem três prefeituras em capitais, elegeu Geraldo Julio no Recife e Marcio Lacerda em Belo Horizonte e, além de Cuiabá e Fortaleza, está no segundo turno em Porto Velho.

Em Salvador, o PT está em confronto direto com o DEM, representado pelo deputado federal ACM Neto, um dos mais ferrenhos críticos do governo Lula. O ex-presidente, inclusive, participou da campanha do também deputado Nelson Pelegrino no primeiro turno e deve repetir a dose. Para o DEM, que hoje não controla nenhuma capital, Salvador seria a segunda capital com um membro do partido no comando, pois João Alves venceu em Aracaju no primeiro turno.

Em João Pessoa, Rio Branco e São Paulo, PT e PSDB se enfrentam em "confrontos diretos" pela hegemonia nacional. Não há dúvidas de que São Paulo é a eleição mais importante, pois a cidade, e o Estado, são considerados um bastião importante do PSDB.

PSDB pode ter até nove prefeituras

As eleições municipais podem representar um grande crescimento para o PSDB. Hoje, os tucanos têm apenas uma capital, mas já conquistaram uma no primeiro turno – Rui Palmeira, em Maceió – e estão em oito segundos turnos. Além de João Pessoa, Rio Branco e São Paulo, o PSDB disputará Belém, Manaus, São Luís, Teresina e Vitória.

Dois outros partidos - PDT e PMDB - lutam para continuar influentes nas capitais. O PDT conquistou Porto Alegre com José Fortunati e está no segundo turno em Curitiba, Macapá e Natal. A sigla precisa ganhar duas para continuar com as três capitais que detém desde 2008. Os números do PMDB são parecidos com os do PDT. O partido venceu no primeiro turno em Boa Vista e no Rio de Janeiro e está no segundo turno em Campo Grande, Florianópolis e Natal.

registrado em: , ,