Você está aqui: Página Inicial / Política / PSDB, DEM e PPS pedem a Veja que mostra a fita com Marcos Valério

Política

'Mensalão'

PSDB, DEM e PPS pedem a Veja que mostra a fita com Marcos Valério

por Redação Carta Capital — publicado 18/09/2012 18h51, última modificação 18/09/2012 18h54
Revista diz que Marcos Valério se arrepende de ter poupado Lula durante o escândalo de 2005

Até a oposição ao governo federal cobra a revista Veja para que publique a fita com a supostas declarações de Marcos Valério à revista. Em comunicado oficial assinado pelos respectivos presidentes, PSDB, DEM e PPS ressaltam a gravidade das acusações e pede à publicação da Editora Abril que "torne públicos os elementos que sustentam a matéria".

A última edição da revista sustenta que Marcos Valério, empresário que teria viabilizado o esquema do "mensalão", diz que se arrepende por ter ficado em silência e poupado o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva no escândalo. Embora a reportagem sustente que não conversou com Valério, há especulações de que essa teria sido um acordo com o próprio empresário em troca das declarações. O advogado dele já declarou que seu cliente não endossa o que saiu na revista.

Confira a íntegra da mensagem dos partidos:

"As revelações feitas pela revista Veja, no fim de semana, sobre o possível envolvimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no comando do escândalo que hoje conhecemos como “MENSALÃO”, exigem explicações imediatas e a apuração por todos os meios legais.

Por isso mesmo é que estranhamos o silêncio ensurdecedor do ex-presidente Lula, que deveria ser o maior interessado em prestar esclarecimentos sobre fatos que o envolvem diretamente. Já não surte mais efeito, especialmente depois que o Supremo Tribunal Federal comprovou a existência do MENSALÃO e já condena mensaleiros, a tese defendida pelo PT, de que tudo não passava de uma farsa montada pela imprensa e pela oposição para derrubar o governo Lula.

O ex-presidente já não está mais no comando do país, mas nem por isso pode se eximir das responsabilidades dos oito anos em que governou o Brasil, ainda mais quando há suspeitas que pesam sobre o seu comportamento no maior escândalo de corrupção da história da República.

A gravidade das revelações da revista Veja impõe que ela torne públicos os elementos que sustentam a matéria “Os segredos de Marcos Valério”. A oposição fará a sua parte e encerrado o julgamento em curso no STF cobrará a investigação dos fatos ao Ministério Público.

Os brasileiros exigem que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva venha a público prestar esclarecimentos em nome da responsabilidade do cargo que ocupou.

Brasília, 18 de setembro de 2012.

Deputado Sérgio Guerra (PE), presidente nacional do PSDB
Senador José Agripino Maia (RN), presidente nacional do Democratas
Deputado Roberto Freire (SP), presidente nacional do PPS"

registrado em: ,