Você está aqui: Página Inicial / Política / PCdoB anuncia apoio a Haddad em São Paulo

Política

Eleições

PCdoB anuncia apoio a Haddad em São Paulo

por Piero Locatelli — publicado 25/06/2012 17h40, última modificação 25/06/2012 19h23
O partido desistiu de lançar a candidatura de Netinho de Paula
306992_348856638516676_965914434_n

Orlando Silva, Renato Rabelo, Netinho, Haddad, Lula (da esq. para a dir) durante encontro no Instituto Lula. Foto: Heinrich Aikawa/Instituto Lula

O PCdoB anunciou nesta segunda-feira 25 apoio à candidatura do petista Fernando Haddad à Prefeitura de São Paulo. A decisão foi confirmada durante encontro realizado no Instituto Lula, em São Paulo, no qual participaram o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Haddad e dirigentes do PCdoB, como o presidente nacional do partido, Renato Rabelo e o ex-ministro Orlando Silva.

O vereador Netinho de Paula, cotado como candidato do PCdoB à prefeitura, também participou da reunião. Ele desistiu da candidatura própria para apoiar Haddad, alegando que polarização da eleição ajudou a convencer o PCdoB. Pessoalmente, Netinho também conseguiu negociar. O PT ofereceu a ele mais espaço nos palanques. Assim ele vai aparecer com frequência, ao contrário de outros vereadores. Em entrevista para anunciar o parceria oficialmente, Netinho disse sair da disputa "ferido, mas não derrotado". "Não dá para esconder que o coração do negão está ferido", afirmou. O vereador, entretanto, disse que fará campanha para Haddad "com alegria".

O PCdoB pode ficar com a vaga de vice na chapa de Haddad. O PT vê com simpatia a proposta, que já foi discutida entre as siglas, mas nada ainda está definido. O vereador Jamil Murad, a presidente estadual da sigla, Nádia Campeão, e Lecy Brandão são cotados. Líderes petistas dizem que uma chapa pura, com um integrante do PT vice de Haddad, é "improvável".

A parceria do PT com o PCdoB será diferente da que a sigla manterá com o PP de Paulo Maluf. Haddad afirmou que todas as discussões sobre seu programa de governo serão submetidas aos comunistas. Haddad elogiou Netinho e elogiou a atuação do PCdoB no movimento estudantil (a sigla controla a União Nacional dos Estudantes).

Lula promete "morder canelas" dos rivais

Lula, que estava muito rouco e usou um tom de voz muito baixo, fez elogios a Netinho. Disse que o vereador, e cantor, pode ajudar "a chegar no famoso povo do gueto que ainda não gosta ou tem medo de política". Lula disse que os problemas com a voz não vão atrapalhar sua participação na campanha, mas afirmou que em julho ou agosto deve estar recuperado. "Se for necessário, morderei a canela dos adversários para que o Haddad seja prefeito", afirmou.

Lula aproveitou para criticar José Serra. Segundo ele, o tucano "patina" nas pesquisas. "Acho que jogaram óleo na pista de patins dele. Foi um equívoco convencerem ele a se candidatar", afirmou. "Estou vendo nosso adversário dizer que a competência vai vencer o novo. Portanto meu filho você (Haddad) já ganhou porque competência ali não tem nada"

Campanha na TV

Com o apoio do PCdoB, o PT ganha mais 35 segundos no horário eleitoral e terá cerca de um minuto e meio a mais por programa do que o seu principal adversário, José Serra (PSDB), líder das pesquisas até aqui.

Até a última semana, o PCdoB anda mantinha conversas com Gabriel Chalita (PMDB) e deixava em aberto a possibilidade de lançar Netinho de Paula como cabeça de chapa.

Outros apoios

O partido é o terceiro a declarar apoio ao petista na capital. O PSB anunciou a coligação com o PT há duas semanas e indicou a deputada federal Luiza Erundina com vice na chapa. Erundina desistiu depois que o PP também anunciou o apoio ao PT na semana seguinte. O acordo foi selado na casa do deputado Paulo Maluf (PP), com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A foto do encontro entre os dois foi o estopim para Erundina desistir da sua candidatura.

O PT considera difícil, mas ainda tenta atrair o PTB, partido da base aliada da presidenta Dilma Rousseff. O PTB, que é cortejado também por Serra e Chalita, ainda cogita lançar Luiz Flávio D'Urso à prefeitura.

registrado em: