Você está aqui: Página Inicial / Política / Lula é liberado por médicos para fazer campanha

Política

Eleições 2012

Lula é liberado por médicos para fazer campanha

por Redação Carta Capital — publicado 06/08/2012 14h52, última modificação 06/08/2012 14h52
Ex-presidente fez exames nesta segunda-feira no hospital Sírio-Libanes
Haddad_Lula_PT

Haddad e Lula durante evento em São Paulo. Foto: Divulgação / Instituto Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi liberado por seus médicos para participar da campanha eleitoral. Lula fez exames no hospital Sírio-Libanês nesta segunda-feira 6.

“Todos os exames foram considerados normais. O paciente foi liberado para atividades normais, sem qualquer restrição de natureza médica”, diz o boletim do hospital. “Se ele quiser fazer campanha, está liberado”, disse o médico cardiologista Roberto Kalil, segundo reportagem do portal Terra.

O ex-presidente está com um inchaço na garganta decorrente do tratamento contra o câncer. Lula foi diagnosticado com um tumor na laringe em outubro do ano passado. Em março deste ano, foi anunciada a melhora, mas ele ainda deve ter de se submeter a exames nos próximos cinco anos.

Campanha

O ex-presidente deve gravar o programa eleitoral de Fernando Haddad (PT), candidato à prefeitura de São Paulo, na próxima quarta-feira 8. Ele também deve participar de um evento de rua com o candidato em breve, mas a data ainda não foi acertada com a campanha petista.

A presença de Lula ganha importância em cidades com mais de um candidato da base aliada, onde a presidenta Dilma Rousseff deve continuar ausente. Ela não deve participar, por exemplo, no primeiro turno na eleição paulistana, onde há quatro candidatos de partidos aliados ao governo federal.

Lula participou de uma seção de fotos onde foram convidados 118 candidatos do PT e aliados na última semana. Devido à saúde debilitada, a presença de Lula ao lado da maioria dos candidatos deve se resumir a pose para fotos e filmagens nas quais aparecerá cumprimentando os aliados.