Você está aqui: Página Inicial / Política / José Dirceu é condenado a 23 anos de prisão

Política

Operação Lava Jato

José Dirceu é condenado a 23 anos de prisão

por Deutsche Welle publicado 18/05/2016 11h53
Condenação por corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro é a primeira no âmbito da Operação Lava Jato; cabe recurso da defesa
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil (11/04/2014)
José Dirceu

Dirceu foi presidente do PT e uma das pessoas mais influentes do primeiro governo do ex-presidente Lula

A Justiça brasileira condenou na quarta-feira 18 o ex-ministro José Dirceu a 23 anos e três meses de prisão por causa de crimes relacionados ao esquema de corrupção desvendado pela Operação Lava Jato.

Dirceu foi presidente do PT e uma das pessoas mais influentes do primeiro governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, tendo sido chefe da Casa Civil de 2003 a 2005.

A sentença de primeira instância foi ditada pelo juiz Sérgio Moro, em Curitiba, que considerou Dirceu culpado das acusações de corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro. Cabe recurso da decisão.

"O mais perturbador, porém, em relação a José Dirceu de Oliveira e Silva consiste no fato de que recebeu propina inclusive enquanto estava sendo julgada pelo Plenário do Supremo Tribunal Federal a Ação Penal 470, havendo registro de recebimentos pelo menos até 13/11/2013", afirmou Moro na sentença.

Logo-DW