Você está aqui: Página Inicial / Política / Grupo de Aécio Neves perde força no interior de MG

Política

Eleições 2012

Grupo de Aécio Neves perde força no interior de MG

por Redação Carta Capital — publicado 11/10/2012 12h33, última modificação 11/10/2012 12h33
Apesar da vitória em Belo Horizonte, tucanos e aliados têm problemas no interior do estado
AgenciaBrasil040712_ANT2272

Aécio Neves durante reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado. Ele ganhou em Belo Horizonte, mas no interior tem algumas dificuldades. Foto: Antônio Cruz/ABr

Eleito senador por Minas Gerais em 2010 com mais de 7,5 milhões de votos depois de fazer um governo com alto índice de aprovação, Aécio Neves (PSDB) conseguiu eleger seu candidato, Marcio Lacerda (PSB), para a prefeitura de Belo Horizonte sem precisar de segundo turno. Por isso, Aécio foi dado como um dos vencedores da eleição municipal de 2012, mas alguns dados mostram que o "aecismo" está perdendo espaço no interior mineiro, o que pode afetar as chances o senador mineiro em 2014, quando pode se candidatar à Presidência da República.

De acordo com a análise feita pelo pesquisador Fabiano Angélico, da Fundação Getúlio Vargas-SP, e publicada no blog do jornalista Fernando Rodrigues, na Folha de S.Paulo, candidatos "aecistas" só foram eleitos em duas das dez maiores cidades mineiras, que concentram 30% da população do estado e 45% do PIB. Além de Lacerda, outro "aecista" eleito foi Carlaile Pedrosa, em Betim.

Nas outras oito cidades, o PT ganhou em quatro (Uberlândia, Ribeirão das Neves, Governador Valadares e Ipatinga) e está no segundo turno em três (Contagem, Juiz de Fora e Montes Claros), contra candidatos de PRB, PMDB e PCdoB, que também não são do grupo de Aécio. Em Uberaba, estão no segundo turno candidatos do PMDB e do PSB, que também não são aliados do senador.

Neste bloco de cidades, o resultado mostra uma queda para Aécio. Em 2004, o PSDB e os aliados venceram em quatro cidades, mesmo número de 2008.

Quando a análise é extrapolada para as 20 maiores cidades de Minas Gerais, a situação não melhora. Entre o 11º e 20º maiores municípios mineiros, candidatos aliados de Aécio venceram em Divinópolis, Teófilo Otoni e Barbacena. Em todos os outras, os vencedores são adversários. Dois partidos conquistaram duas cidades neste bloco – o PP (Sete Lagoas e Ibirité) e o PT (Poços de Caldas e Pouso Alegre). As outras ficaram com PSB (Santa Luzia), PSD (Patos de Minas) e PV (Sabará).