Você está aqui: Página Inicial / Política / Aurélio Miguel multiplicou seu patrimônio, diz jornal

Política

São Paulo

Aurélio Miguel multiplicou seu patrimônio, diz jornal

por Redação Carta Capital — publicado 15/02/2013 10h25, última modificação 15/02/2013 10h25
Vereador é acusado de receber propina para beneficiar empresa de shopping centers no esquema Aref

O vereador de São Paulo e ex-judoca Aurélio Miguel (PR) multiplicou seu patrimônio desde que chegou ao cargo na Câmara Municipal, segundo reportagem da Folha de S. Paulo publicada nesta sexta-feira 15. Em 2004, quando foi eleito pela primeira vez, o campeão olímpico tinha 870 mil reais em bens declarados (1,4 milhão corrigidos pela inflação). Segundo o Ministério Público, o valor passou para 25 milhões de reais em 2012, em bens registrados no seu nome e das suas empresas.

Segundo o jornal, o maior crescimento ocorreu entre 2008 e 2009, quando o vereador foi presidente da CPI do IPTU na Câmara Municipal. Ele é acusado de receber propinas para a liberação de shoppings do grupo Brookfield e de tirar irregularidades do relatório final da comissão. O jornal diz que, segundo depoimentos dados ao Ministério Público, ele teria recebido até 640 mil reais em dinheiro vivo, entregue em carro-forte.

A investigação começou em junho do ano passado quando uma ex-executiva do grupo Brookfield relatou o pagamento de propina a Miguel e Hussain Aref Saab, ex-diretor da prefeitura. Ao jornal, Miguel negou as acusações e disse que o dinheiro é fruto de "negócios legítimos".

registrado em: ,