Você está aqui: Página Inicial / Internacional / TV espera que nova safra de programas de jogos interativos atraia a geração Facebook

Internacional

Luta pela audiência

TV espera que nova safra de programas de jogos interativos atraia a geração Facebook

por The Observer — publicado 07/02/2012 16h56, última modificação 06/06/2015 18h58
The Million Pound Drop e The Bank Job estão se mostrando um grande sucesso entre o público da Internet, mas são os dados obtidos dos jogadores online que animam os anunciantes
Facebook1

Foto: GOIABA (Goiabarea)/Flickr

Os programas de jogos interativos ao vivo, em que os espectadores competem com adversários na tela, são a chave para convencer a geração Facebook a assistir televisão, segundo especialistas da indústria.

As produtoras britânicas estão na vanguarda do uso de novas tecnologias para criar programas interativos capazes de concorrer com as inúmeras distrações das redes sociais, sites de jogos de computador e até comida e bebida.

Matt Millar, executivo-chefe da Tellybug, um serviço tecnológico que desenvolveu o aplicativo para celular "tap-to-clap" [toque para aplaudir] para os programas Britain's Got Talent e The X Factor (que permite que você dê nota aos números apresentados tocando na tela), disse em uma reunião do Westminster Media Forum na semana passada: "Aprendemos que as pessoas preferem assistir TV e não jogar online. Pense no estado em que elas estão. Faça a coisa simples. Se as pessoas têm um smartphone e uma garrafa de cerveja sobre a mesa, você está competindo com a garrafa de cerveja."

Mark Cullen, do ETV Media Group, acrescentou que a televisão da corrente dominante geralmente cobrava dos espectadores para votar em The X Factor, Britain's Got Talent e Dancing on Ice, quando pelo Facebook isso pode ser gratuito. "Eles precisam mudar de hábitos. O valor real está nos dados que eles coletam, construindo um banco de dados, clubes de afinidade", afirmou Cullen.

David Flynn, que criou The Million Pound Drop, um teste de dez perguntas com múltiplas opções de respostas jogado por casais, vendido para 34 países, disse: "Na Grã-Bretanha, continuamos na vanguarda da tecnologia. É importante ficarmos lá. Nós lideramos o mundo na criação de formatos de TV."

The Million Pound Drop, apresentado por Davina McCall, deu início ao fenômeno interativo para o Channel 4 em 2010 e gerou 11 milhões de jogos. Hoje o Canal 4 está trazendo de volta seu programa irmão, The Bank Job -- um novo jogo ambientado em um cofre da City de Londres --, para uma longa temporada a partir de 17 de fevereiro. Sua temporada de teste, no início de janeiro, se revelou um grande sucesso com o público online e grupos chaves de espectadores de TV, incluindo homens de menos de 40 anos.

Um painel inicial de quatro concorrentes compete para responder a perguntas que abrirão caixas do cofre cheias de dinheiro. A primeira pergunta do primeiro programa do mês passado, apresentado por George Lamb, deu o tom: "Que cantor bateu seu carro em Snappy Snaps quando estava sob o efeito da maconha?"

Mas o que torna o programa uma propriedade tão atrativa é que ele obteve 5,64 milhões de jogos online. Flynn, que, como diretor-gerente adjunto da Remarkable Television, parte da Endemol, produtora do Big Brother, também é o líder da equipe criativa por trás de The Bank Job, disse: "O que nós fazemos é pegar impulsos humanos reais e torná-los possíveis". Ele disse que havia lições claras em incorporar a interatividade ao vivo aos programas, o que todas as emissoras estão tentando fazer, mas advertiu: "Precisa parecer natural, e não um apêndice."

As pessoas sempre gostaram de gritar respostas para a TV, mas hoje estão armadas de smartphones, laptops e tablets. "Nem sempre assistimos à TV com alguém, mas podemos jogar com estranhos no Facebook ou com amigos", destacou Flynn. Cerca de 12,4% dos 2,5 milhões de espectadores de The Million Pound Drop jogam em seus laptops. Outros pesquisam no Google para encontrar as respostas certas.

The Bank Job foi lançado como um jogo online em vez de programa de tevê em dezembro passado, e é a única maneira de um concorrente se candidatar para a versão ao vivo na televisão: você precisa jogar para destravar o formulário de inscrição e ter notas de grande mestre para se qualificar como um possível concorrente.

Imediatamente, cerca de 4 mil jogos foram utilizados por dia. Quando o Canal 4 anunciou a nova série, duas semanas atrás, o número saltou para 8 mil. Algumas pessoas estão jogando dez jogos, enquanto até 160 mil jogam online durante o programa.

Como os concorrentes são solicitados a dar seu nome, sexo e endereço, o Canal 4 também está colhendo informação comercial importante para os anunciantes. O executivo-chefe David Abraham chama esses dados de "o novo petróleo".

Flynn disse que quando os espectadores tuitaram que o primeiro episódio de The Million Pound Drop, em maio de 2010, era lento demais, eles o aceleraram. The Bank Job, que conseguiu audiências relativamente modestas na TV -- cerca de 1,2 milhão de assistentes --, também reagirá às críticas incorporando mudanças na próxima série.

Em outro desenvolvimento que impressionou o mundo da publicidade, os comerciais de The Bank Job adotaram uma faixa rolante ("ticker") ao vivo embaixo da tela, onde aparece informação sobre quem está jogando e os nomes dos melhores jogadores online. Até agora isso era considerado uma distração inaceitável. "Nós assumimos um risco enorme", disse Flynn.

Mas a equipe de vendas de publicidade do Canal 4 descobriu que os comerciais temáticos aumentam o envolvimento dos espectadores em 80%, por isso as pessoas têm menor probabilidade de se distrair -- e não podem avançar rapidamente os anúncios ao vivo.

A Remarkable agora vai aplicar as lições do programa de jogo a um formato factual novo, combinando a participação do público ao vivo com "uma questão social realmente grande".

Entretanto, no mundo selvagem da televisão, Flynn não pode contar mais.

Leia mais guardian.co.uk

registrado em: