Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Fatah e Hamas concordam em se unir em meio à crise em Gaza

Internacional

Israel x Hamas

Fatah e Hamas concordam em se unir em meio à crise em Gaza

por AFP — publicado 19/11/2012 10h08, última modificação 06/06/2015 19h24
"Quem fala sobre divisão depois de hoje é um criminoso", disse o líder do Hamas, Mahmud al-Ramahi, à multidão

As facções rivais palestinas Fatah e Hamas afirmaram nesta segunda-feira que decidiram terminar com anos de disputas em uma demonstração de solidariedade pela crise de Gaza, informou um correspondente da AFP.

"A partir daqui, anunciamos com outros líderes (de facções) que estamos acabando com a divisão", afirmou o oficial Jibil Rajoub, do Fatah, a uma multidão de cerca de mil pessoas que se reuniram para um protesto em Ramallah, a capital política da Cisjordânia.

Dentre os presentes, estavam integrantes do alto escalão do Hamas na Cisjordânia, assim como funcionários da liderança de sua rival menor Jihad Islâmica, informou um correspondente da AFP.

A praça Manana de Ramallah se tornou um mar de bandeiras palestinas, enquanto a multidão gritava "Unidade!" e "Atinjam, atinjam Tel Aviv", em um apelo aos militantes do Hamas que dispararam ao menos cinco foguetes contra a cidade costeira deste quinta-feira.

"Quem fala sobre divisão depois de hoje é um criminoso", disse o líder do Hamas, Mahmud al-Ramahi, à multidão.

O Fatah e o Hamas, as duas principais facções nacionais palestinas, travaram uma intensa disputa por anos.

Mas o atual derramamento de sangue na Faixa de Gaza, governada pelo Hamas, onde Israel realizava nesta segunda-feira um sexto dia de ofensiva aérea que já matou até agora 90 palestinos, parece ter levado a uma reconsideração das rivalidades tradicionais.

 

 

Leia mais em AFP Movel.

registrado em: ,