Você está aqui: Página Inicial / Economia / MP dos Portos é predatória, diz Requião

Economia

Diálogos Capitais

MP dos Portos é predatória, diz Requião

por Gabriel Bonis publicado 07/05/2013 13h30
Presente no Fórum de Economia, em SP, o senador criticou a proposta que, segundo ele, afetará a concorrência e provocará monopólio
Marcos Mendez
Requião e Lula

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) ao lado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante o Fórum de Economia em SP

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) classificou como “extremamente predatório” o modelo de administração portuário defendido pelo governo federal na MP dos Portos. “É um modelo tolo. Não é neoliberal, não existe liberalismo em um monopólio, não vai haver concorrência. Ficou claro que a escolha dos portos é feita pelos armadores que pagam a operação portuária”, disse a CartaCapital durante o Fórum de Economia, em São Paulo.

“Não vejo como o governo federal imagine que vá estabelecer uma concorrência em um setor que tem um monopólio natural e na mão de armadores que são seis ou sete que dominam o transporte marítimo do mundo. Acho muito ruim a MP e seria uma maravilha se ela caísse no Congresso.”

O senador disse defender o modelo atual de gestão: com portos públicos e operação privada. “Esse é o modelo do mundo. Existem apenas dois países no mundo com o modelo de portos privados: a Inglaterra e a Nova Zelândia. Nenhum deles é exemplo e modelo de sucesso de eficiência.”