Você está aqui: Página Inicial / Economia / Fox Sports alcançará 1,3 milhão de assinantes na próxima semana

Economia

TV paga

Fox Sports alcançará 1,3 milhão de assinantes na próxima semana

por Gabriel Bonis publicado 11/02/2012 09h17, última modificação 06/06/2015 18h58
Canal desmente boatos de pressão da Rede Globo para acerto com NET e SKY e afirma que negociações seguem, pois o "mercado brasileiro está aberto à livre concorrência"
FOX Sports Brasil_logo

Após estreiar para poucos, Fox Sports deve atingir 1,3 milhão de assinantes na terça-feira

Enfrentando dificuldades para fazer parte da grade de canais das operadoras NET e SKY, que juntas detêm cerca de 70% do mercado brasileiro de televisão a cabo, o Fox Sports informou a CartaCapital que na terça-feira 14 seu canal estará disponível para cerca de 1,3 milhão de assinantes. O Brasil possui cerca de 13 milhões de domicílios com tevê fechada.

Em nota, o canal aponta ter fechado acordos de adesão para o pacote básico com as operadoras CTBC, Nossa TV, Telefônica TV Digital, TVA, Oi TV, RCA e 28 Associados da NEO TV.

As negociações com a duas gigantes do mercado seguem em confidencialidade e o canal nega estar pedindo um valor elevado para fazer parte da grade das operadoras.

 

Nesta semana, o canal lançou uma campanha na internet para que os assinantes pressionem suas operadoras a disponibilizar o Fox Sport em sua grade de programação. "Consideramos como muito positiva a receptividade manifestada pelo público nas redes sociais, sinal de uma clara demonstração de que o mercado brasileiro está aberto a novas iniciativas e à livre concorrência”, diz o comunicado.

A campanha parece, no entanto, não estar surtindo o efeito desejado. Nos fóruns do site da Fox Sports, é possível ler diversos comentários de torcedores criticando a demora nas negociações e a atitude do canal em transmitir a estreia do Fluminense na Copa Libertadores da América pelo canal Speed e não fazer o mesmo com outras equipes brasileiras no campeonato.

Questionado sobre os motivos para não abrir jogos de outros times na competição, o canal apontou ter liberado partidas por três ocasiões aos canais FX e Speed, mas que os próximos confrontos estarão disponíveis somente nas operadoras que já acertaram a adesão do Fox Sports.

O Fox Sports também nega os boatos de que a Rede Globo, acionista de NET e SKY, estaria impedindo um acordo com as operadoras. "O canal desconhece qualquer movimentação desta natureza e continua em negociação com todas as operadoras de TV por assinatura."