Você está aqui: Página Inicial / Economia / A crise mundial é tão política quanto econômica, diz Lula

Economia

Diálogos Capitais

A crise mundial é tão política quanto econômica, diz Lula

por Samantha Maia — publicado 07/05/2013 15h32, última modificação 07/05/2013 16h33
Em entrevista a CartaCapital, o ex-presidente diz que a Europa está carente de lideranças e tem terceirizado as decisões. "Isso é grave"
Marcos Mendez
O ex-presidente Lula acompanha as palestras do Fórum de Economia

O ex-presidente Lula acompanha as palestras do Fórum de Economia promovido por CartaCapital

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta terça-feira 7, em São Paulo, que a crise econômica mundial poderia ter sido evitada por decisões políticas. “A crise é grande e tem um componente político tão forte quanto econômico. O problema agora é que a Europa está carente de liderança política e tem terceirizado as decisões, o que é muito grave”, afirmou Lula ao deixar o Fórum de Economia organizado por CartaCapital.

Para o ex-presidente, o Brasil continua em boa posição em relação a outros países para enfrentar as adversidades da crise. “Os americanos estão se recuperando lentamente, a China não caiu como alguns imaginavam que ia cair. O Brasil é um dos países mais bem colocados hoje." E completou: “Eu digo sempre que mesmo se a gente for totalmente incapaz e fazer as coisas erradas, ainda assim o Brasil vai dar certo, porque o potencial aqui é muito grande.”

Lula assistiu às apresentações do Fórum no período da manhã e elogiou o debate entre o economista Dani Rodrik, titular de Política Econômica Internacional da Universidade Harvard (EUA), e os colunista da CartaCapital Luiz Gonzaga Belluzzo e Antonio Delfim Netto. “Esse debate vai esclarecer muito mais gente.”