A reforma cambial: liberalização, conversibilidade e dolarização

‘A autonomia formal serve, também, para colocar nas mãos do Banco Central autônomo decisões cruciais para a soberania monetária’