Você está aqui: Página Inicial / Sustentabilidade / COP 21: novo documento mantém indefinições, mas segue rumo a um acordo

Sustentabilidade

Clima

COP 21: novo documento mantém indefinições, mas segue rumo a um acordo

por Reinaldo Canto publicado 10/12/2015 19h54, última modificação 11/12/2015 09h04
O documento final sobre o novo acordo climático global está previsto para ser anunciado na sexta-feira
Arnaud Bouissou – MEDDE / SG COP21
COP21

As chamadas negociações de alto nível que reúnem as lideranças de todos os países vai continuar nesta quinta-feira, 10/12.

Especial de Paris

O número de páginas diminuiu pela metade das 48 apresentadas no primeiro rascunho para as atuais 29. Isso não significa que as questões polêmicas ainda não estejam sobre a mesa aguardando as tão almejadas definições.

Sinal do quanto alguns desses pontos se mantêm em suspense é o fato de que os negociadores dos 195 países presentes ao centro de eventos Le Bourget em Paris entraram pela madrugada de quarta-feira para conseguir fechar essa segunda versão do acordo climático.

As chamadas negociações de alto nível que reúnem as lideranças de todos os países vai continuar nesta quinta-feira, 10/12.

O desgastante processo não parece desanimar o presidente da COP 21, Laurent Fabius, que é também Ministro das Relações Exteriores do governo francês. Para ele, os avanços foram muito grandes entre o primeiro documento divulgado no final de semana e este agora. Fabius, afirma que os ministros têm encontrado diversos consensos, como por exemplo, os mecanismos para verificar a implantação do acordo pelos países.

COP21 em Paris.jpg
Questões polêmicas ainda não estão sobre a mesa. (Arnaud Bouissou/ Medde/ COP21)

Segundo declarações do próprio presidente da COP permanecem em discussão três pontos fundamentais como financiamento, diferenciação e até mesmo o nível de ambição de cada país, temas que colocam em posições opostas os países desenvolvidos e os em desenvolvimento.

Para Carlos Rittl, secretário executivo do Observatório do Clima,  o texto até agora mantem todas as boas opções nos temas chave, mas alerta, “só resultará em bom acordo se conjunto dessas boas opções for mantido”.

O documento final sobre o novo acordo climático global está previsto para ser anunciado nesta sexta-feira, 11/12.