Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / Ponte Jornalismo

Sociedade

Ponte Jornalismo

Ponte Jornalismo

Direitos Humanos, Justiça e Segurança Pública. Acesse www.ponte.org

Ilustração

“Você ocupa escola? Vou ocupar sua boceta”. Estudantes denunciam abusos sexuais e intimidações de policiais e diretores de escolas de SP

Luiz Carlos Santos

Luiz Carlos Santos é investigado por receber 4,5 mil reais por mês da facção criminosa para realizar falsas denúncias. Acesso de policiais a vítimas de violência do Estado preocupa membros do Condepe

PM

Punição a agentes instiga o debate sobre os direitos trabalhistas da categoria e aprofunda abismo entre as forças de segurança e o resto da população

Ilustração Ponte

“Denúncias de espancamentos são comuns em todas as unidades da Fundação Casa”, afirma a defensora pública Fernanda Balera

Gerô

Ao todo, oito policiais foram acusados de envolvimento na morte do artista Gerô. Desses, apenas três foram condenados

Vila Independência

Pesquisa com detentos provisórios feita pela Defensoria Pública revela também que 79% dos homens e 63% das mulheres trabalhavam e que em torno de um terço foi torturado no momento da prisão

Serra

Entidade cobra respostas do governo brasileiro por não pagamento de indenizações aos familiares de vítimas do massacre ocorrido em 1992

PM

De acordo com a sentença, restringir o uso de armamento considerado menos letal “cria embaraços à regular atividade policial”

BLITZ

PMs prenderam um ator de peça que critica violência policial. Segundo os artistas, também houve ameaças ao público

Jovens desaparecidos

O ouvidor das polícias, Júlio César Fernandes Neves, confirma que corpos encontrados em Mogi das Cruzes são dos cinco desaparecidos

armas-apreendidas

Um depoimento revelador de Túlio Kahn, doutor em ciência política pela USP e um dos principais criminólogos do país

onibus-pm-crime

Dos 46 ônibus queimados em 2015, pelo menos 18 foram atacados após ações policiais que resultaram em morte na periferia paulistana

roger-ponte

Para ex-investigador, possível descriminalização do uso de drogas pelo STF não muda o essencial: polícia continuará a distinguir usuários e traficantes pela classe social

ponte-pixote

Fernando Ramos da Silva foi morto aos 19 anos, após ser atingido por oito disparos de calibre 38 efetuados por um sargento e dois soldados da Polícia Militar de São Paulo