Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / "Não podemos traduzir a sua tatuagem"

Sociedade

Diplomacia

"Não podemos traduzir a sua tatuagem"

por Redação — publicado 23/05/2013 19h17
Ministério das Relações Exteriores do Reino Unido divulga lista com pedidos bizarros feitos por britânicos no exterior
Guillaume/Flickr
tatuagem.jpg-3347.html

Entre os pedidos mais estranhos recebidos pelo FCO estava a tradução de uma frase para uma tatuagem

Na última semana, o Foreign and Commonwealth Office (FCO), o Ministério das Relações Exteriores do Reino Unido, divulgou uma lista com os pedidos mais "bizarros" feitos por britânicos aos oficiais consulares do órgão no exterior.

No último ano, o FCO lidou com mais de um milhão de consultas e deu apoio a mais de 52 mil britânicos em dificuldade no exterior. Mas, nem todos os pedidos são urgentes.

Leia a lista dos mais estranhos:

- Um homem solicitou tratamento hospitalar no Camboja quando um macaco mexeu em uma pedra que o acertou. Ele também demandou uma compensação pelo ocorrido e exigiu garantias que o episódio com o mamífero não aconteceria de novo;

- Um homem pediu à equipe do FCO em Roma, na Itália, para traduzir um frase que ele pretendia usar em uma tatuagem;

- Uma mulher solicitou que a equipe consular em Tel Aviv, em Israel, ordenasse que o marido dela entrasse em forma e comesse de forma saudável para que eles pudessem ter filhos;

- A equipe consular em Kuala Lumpur, na Malásia, foi questionada se o FCO poderia ajudar a pagar para enviar filhos de britânicos para uma escola internacional;

- Um homem pediu a equipe consular em Estocolmo, na Suécia, para checar a ficha de uma mulher que ele havia conhecido online.

registrado em: