Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / Jean Wyllys sofre ameaça via Orkut

Sociedade

Preconceito

Jean Wyllys sofre ameaça via Orkut

por Redação Carta Capital — publicado 17/09/2011 10h12, última modificação 17/09/2011 16h33
Palavras de baixo calão são usadas em comunidade da rede social para incitar homofobia e morte do deputado federal

O deputado federal e Jean Wyllys (PSOL-RJ) está sendo ameaçado de morte por uma comunidade na rede social Orkut. A comunidade, que existe desde o dia 8, tem 20 membros e está relacionada com outras como a “Contra Feminismo” e “Movimento Masculinista”.

Vencedor do reality show BigBrother, Jean Wyllys foi eleito ano passado a deputado federal, é integrante da frente parlamentar em defesa dos direitos LGBT e apoia o PL122, que legaliza o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Assunto ao qual a comunidade faz referência por meio de texto e afirma que "esse viado deve ser morto, levar umas porradas, ser torturado, desejo a morte de todos os gays, e lésbicas devem ser estupradas e mortas. Vamos debater aqui a forma de matar esse filho da p... do Jean".

De acordo com reportagem do Estadão.com o deputado entrou em contato com o Google, pedindo a retirada da comunidade do ar, mas a empresa afirmou a Wyllys que “a página não contrariava as políticas do grupo e por isso eles não poderiam tirar a página do ar”.

Wyllys se diz favorável à liberdade de expressão na internet, que deve ser garantida. No entanto, acrescenta ele,  é preciso pensar em “instrumentos legais que possam impedir que as pessoas usem o anonimato para crime”.

registrado em: