Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / Danilo Gentili começa a se explicar na Justiça a mulher que chamou de 'vaca'

Sociedade

TV

Danilo Gentili começa a se explicar na Justiça a mulher que chamou de 'vaca'

por Redação — publicado 03/03/2015 14h33, última modificação 03/03/2015 14h38
Em 2013, apresentador ridicularizou a técnica de enfermagem Michele Maximino por ser a maior doadora de leite materno do Brasil; primeira audiência acontece no dia 4, em Olinda
Reprodução
Gentili

O comediante Danilo Gentili quando apresentava o Agora é Tarde, na TV Bandeirantes

Está marcada para quarta-feira, 4, em Pernambuco, a primeira audiência judicial movida por Michele Maximino contra o apresentador Danilo Gentili e a TV Bandeirantes. Michele foi alvo da ridicularização do apresentador em 2013, ainda no programa Agora é Tarde, hoje sob comando de Rafinha Bastos, por ser na época a maior doadora de leite materno do Brasil. A audiência será no Fórum de Olinda, às 13 horas.

Com a ajuda do marido, a técnica de enfermagem semanalmente rodava 80 km da cidade de Quipapá até Caruaru para doar leite à maternidade Jesus de Nazareno. Em 11 meses, foram fornecidos 417 litros de leite. O gesto foi transformado em piada pelo apresentador, que a chamou de vaca e a associou ao ator pornô Kid Bengala.

A repercussão dos comentários, sobretudo nas redes sociais, mudou a rotina do casal, que tem dois filhos. Michele mantinha um site sobre aleitamento materno e doações de leite, mas o retirou do ar. Fãs do apresentador passaram a atacá-la publicamente.

“Acionamos a justiça, mas nos mantemos em silêncio para evitar maior exposição e todo aquele sofrimento de novo. No entanto, chega um momento que precisamos dar visibilidade ao caso para que ele não se repita com outras pessoas e destrua suas vidas”, afirmou o professor Ederval Trajano, marido de Michele, a CartaCapital. "A expectativa é de que a justiça repare este dano."

Com informações de Lis Lemos e Nataly Queiroz, jornalistas e militantes feministas