Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / Galeria: as melhores imagens dos protestos pelo Brasil

Sociedade

Galeria: as melhores imagens dos protestos pelo Brasil

por Redação — publicado 17/06/2013 22h34, última modificação 18/06/2013 21h49
Fizemos uma seleção das imagens mais emblemáticas das manifestações que tomaram as ruas do Brasil nos últimos dias.
Tomaz Silva/ABr
rio-de-janeiro-8.jpg-8193.html

Manifestantes saíram em passeata no Rio de Janeiro na segunda-feira 17.

Diversas cidades no Brasil são palco de manifestações contra o aumento do preços das passagens do transporte público nesta terça-feira 18. Além de São Paulo, epicentro dos protestos que realiza o sexto ato contra as tarifas, há eventos programados para acontecer em Florianópolis (SC), Maringá (PR)Ribeirão Preto (SP)São Gonçalo (RJ) e Nova Iguaçu (RJ).

Em São Paulo, segundo o Datafolha, mais de 50 mil pessoas se reúnem nesta terça para o segundo dia seguido de protestos. O ato começou na Praça da Sé, no centro, e se dividiu em direção à Prefeitura e ao terminal Parque Dom Pedro 2º.

Na segunda-feira 17, uma série de manifestações se espalharam pelo Brasil. Elas tiveram início como forma de reclamar dos preços do transporte público, mas em diversos locais abarcaram outras causas, como reclamações contra a Copa do Mundo e a falta de investimentos em áreas como saúde e educação.

A maior das manifestações parece ter sido a do Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Militar, cerca de 100 mil pessoas compareceram ao protesto, que começou na Candelária, centro da cidade. Em São Paulo, a manifestação teve início também às 17 horas, juntando cerca de 65 mil pessoas. Na capital paulista, a manifestação começou no Largo da Batata, região do bairro de Pinheiros, mas se dispersou por diversos pontos da cidade, como a Ponte Estaiada, o Parque do Ibirapuera, a Assembleia Legislativa e o Palácio do governo.

Em Belo Horizonte, a PM estimou em 20 mil pessoas o número de manifestantes. A Praça Sete, no centro da cidade, foi tomada e muitos manifestantes chegaram próximos ao estádio do Mineirão, uma das sedes da Copa das Confederações. Em Brasília, o prédio do Congresso foi alvo dos manifestantes - alguns deles conseguiram chegar ao topo do prédio.

Houve também manifestações em Porto Alegre e Curitiba, com cerca de 10 mil pessoas cada uma, Belém, e cidades do interior, como Bauru (SP) e Juiz de Fora (MG).