Você está aqui: Página Inicial / Saúde / Ministro da Saúde participou em SP de cerimônia de premiação de travestis e transgêneros

Saúde

Relatos

Ministro da Saúde participou em SP de cerimônia de premiação de travestis e transgêneros

por Agência Aids — publicado 29/01/2011 11h06, última modificação 29/01/2011 11h07
“Vidas em Crônica”, promovido pelo Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do ministério, narra em texto literário histórias de travestis e transgêneros que vivem ou convivem com HIV e aids

Em sua terceira edição, o “Vidas em Crônica”, promovido pelo Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, que aconteceu na noite de ontem, em São Paulo, na Casa das Rosas, narra em forma de texto literário histórias de travestis e transgêneros que vivem ou convivem com HIV e aids. Na primeira edição do concurso, as narrativas abordaram diferentes segmentos da sociedade que vivem com HIV; e na segunda, apenas jovens com essa mesma realidade.

Entre os critérios de seleção, foram avaliados a adequação ao tema, o respeito aos direitos humanos e a criatividade. As travestis e transgêneros que tiveram seus textos selecionados ganharão um netbook.

As histórias finalistas estão disponíveis no site www.aids.gov.br/vidas. Elas serão adaptadas para uma publicação. O objetivo é dar visibilidade às dificuldades e superação dessas pessoas. Também visa conscientizar a sociedade brasileira pelo fim da transfobia, pela inclusão social e pela redução das situações de vulnerabilidade.

A escolha das travestis como público-alvo do concurso traz uma nova perspectiva sobre o viver com aids nos dias de hoje, acredita o diretor adjunto do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais, do Ministério da Saúde, Eduardo Barbosa. “Contribuirá para nós, gestores, pensarmos nas políticas públicas focadas na maneira como elas estão vivendo”, comentou.