Número 828,

Política

Escândalo

Terra prometida

por Redação — publicado 28/11/2014 16h15
A Polícia Federal caça irmãos do ministro da Agricultura
Wilson Dias/Agência Brasil

Cinquenta e dois mandados de prisão preventiva e 146 de busca e apreensão começaram a ser cumpridos pela Polícia Federal na quinta-feira 27 em Mato Grosso, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Batizada de Terra Prometida, a megaoperação visa combater a venda ilegal de áreas da reforma agrária. Entre os alvos estão dois irmãos do ministro da Agricultura, Neri Geller. São eles Odair e Milton Geller, que ainda não haviam sido localizados pelos agentes federais até o fechamento desta edição.

Segundo as investigações, o esquema era liderado por um grupo de fazendeiros e empresários que compravam áreas destinadas à reforma agrária a preços irrisórios. Boa parte dos negócios era realizada de forma coercitiva, com uso de armas e força física. As transações ilícitas tinham o respaldo de funcionários do Incra, além de servidores públicos de prefeituras e Câmaras de Vereadores. Os acusados poderão responder por invasão de terras da União, falsidade documental, estelionato, corrupção ativa e passiva, além de crime contra o meio ambiente. A fraude é estimada em 1 bilhão de reais.

registrado em: