Você está aqui: Página Inicial / Revista / Quem pretende parar o Brasil em 2014? / A emenda é melhor que o soneto
Número 785,

Cultura

Blogs do além

A emenda é melhor que o soneto

por Vitor Knijnik e Rafael Cal — publicado 05/02/2014 05h55
Encaminhei ao Congresso o que ficou conhecido como Emenda Dante de Oliveira. Apesar de derrotada, a proposta ficou famosa por ter dado origem ao movimento das Diretas Já!
blog do além

Político mato-grossense e militante pela redemocratização do Brasil nos anos 1980

Em 1983, encaminhei ao Congresso a PEC nº 5, que acabou conhecida como Emenda Dante de Oliveira e que tinha por objetivo restabelecer eleições diretas para presidente da República. Apesar de derrotada, a proposta ficou famosa por ter dado origem ao movimento das Diretas Já! Tal fato me tornou protagonista de uma das maiores derrotas vividas pelo Brasil nos anos 1980. O outro foi o Paolo Rossi.

Naquele tempo, o capitalismo no Brasil ainda vivia uma fase ingênua. Durante as Diretas Já!, ninguém criou uma linha de tintas dermofriendly para pintar os manifestantes. Teriam vendido muito, até a chegada dos Black Blocs e a moda do rosto coberto. Além disso, a pomba da Fafá não virou bonequinho e o Ulysses Guimarães não se tornou estampa de camiseta. Perdemos o timing: se tentarmos hoje, é capaz de confundirem a imagem do Doutor Ulysses segurando a Constituição com algum apresentador do Fala Que Eu Te Escuto com uma Bíblia.

É aqui que eu entro. Nunca é tarde para capitalizar em cima do próprio passado. Muita gente da MPB vive disso, inclusive. Por isso, lançarei dois aplicativos que prometem revolucionar as relações do século XXI. Como todos sabemos, o interesse dos jovens está muito mais no social do que no político. Assim, com o DIRETAS JÁ!, você elimina toda aquela lenga-lenga da aproximação pelas redes sociais. Em vez do “Oi, quanto tempo, como você tá?” e das curtidas sistemáticas, ele, no início da conversa, já envia uma mensagem perguntando “Quer transar?” Poderia dizer que utilizamos tudo o que aprendemos sobre sutileza com o general Figueiredo.

No entanto, bem como nos anos 1980, nem todos estão preparados para as mudanças. Portanto, deixamos à disposição do público outro aplicativo, o EMENDA, que corrige possíveis problemas causados pelo funcionamento do DIRETAS JÁ! É simples: se diante de um “Quer transar?”, você recebeu um “Que porra é essa?!”, o EMENDA, automaticamente, envia uma correção. Algo do tipo “Desculpe, foi um erro do corretor. Quer dançar?”

Dessa maneira, acreditamos beneficiar a população brasileira. Que o maior número de pessoas possa experimentar as maravilhas da objetividade nos relacionamentos, sem medos. Que a vida sexual dos brasileiros seja como o Comício da Sé e não aquele coito interrompido que foi a sessão do Congresso em 1984, que votou e rejeitou a minha emenda.