Você está aqui: Página Inicial / Política / Processo contra Tuma Jr. é arquivado

Política

Justiça

Processo contra Tuma Jr. é arquivado

por Redação Carta Capital — publicado 15/12/2010 15h26, última modificação 15/12/2010 15h33
O ex-secretário nacional de Justiça foi acusado de manter tráfico de influência com o contrabandista Paulo Li

O ex-secretário nacional de Justiça foi acusado de manter tráfico de influência com o contrabandista Paulo Li

Romeu Tuma Jr. se livrou de mais uma. Desta vez foi do processo de sindicância interna no Ministério da Justiça sobre a acusação de tráfico de influência com o suposto contrabandista Paulo Li. O anúncio foi feito pelo secretário executivo Rafael Thomaz Favetti nesta quarta-feira 15.

Tuma Jr. foi afastado do cargo de secretário nacional de Justiça após diálogos com Li terem vazado à mídia pela Polícia Federal em maio deste ano. Ele já havia sofrido outro processo sob a mesma acusação, em setembro, na comissão de ética da Presidência da República, que também foi arquivado.

Em entrevista à CartaCapital em setembro, Tuma Jr. se defendeu das acusações: “Eu mesmo pedi para ser investigado nessas instâncias. Queriam barrar o meu trabalho na secretaria e atingir a campanha do meu pai (o ex-senador Romeu Tuma, então candidato à reeleição no Senado). Mas afirmo minha inocência e tenho certeza de que, no fim, não restará uma única acusação contra mim.”

registrado em: