Você está aqui: Página Inicial / Política / Presidente eleita Dilma Rousseff relembra luta contra a ditadura

Política

Coletiva

Presidente eleita Dilma Rousseff relembra luta contra a ditadura

por Redação Carta Capital — publicado 03/11/2010 11h44, última modificação 03/11/2010 17h15
Em sua primeira coletiva de imprensa, Dilma responde à bateria de perguntas e sai para dias de descanso

Em sua primeira coletiva de imprensa, Dilma responde à bateria de perguntas e sai para dias de descanso

A presidente eleita Dilma Rousseff concedeu na manhã desta quarta-feira 3 sua primeira coletiva de imprensa.

O encontro foi aberto pelo presidente Lula, que, instado pelos jornalistas, reafirmou que Dilma “teria todo o direito de querer se reeleger em 2014”.

Muito bem-humorado, o presidente logo deixou a entrevista, despedindo-se de sua sucessora, que sairá para um breve período de descanso. “Até Seul”, ele falou, aludindo à viagem que farão juntos na semana próxima.

A composição do novo ministério, segundo a presidente eleita, será determinada por critérios de competência técnica e pela análise da experiência e história de cada pessoa, mas também por critérios políticos.

Muito mais leve e tranquila que durante a campanha eleitoral, Dilma respondeu à uma bateria de perguntas sobre reajustes do Salário Mínimo e do Bolsa Família, pré- sal, obras no Nordeste, criação de empregos, relação com o MST, direitos humanos, a condenação da iraniana Sakineh, PIB e taxa cambial.

O momento em que Dilma mais se alongou foi ao relembrar os anos da ditadura militar para retomar o tema da liberdade de expressão. Disse que a juventude tinha caminhos restritos para agir e que sua geração deveria ter orgulho de ter lutado pela redemocratrização “do primeiro ao último dia”. Referindo-se à resistência armada, disse que ela não tinha  “a menor chance de ganhar”.

A presidente eleita encerrou a entrevista, negando-se a dizer o local do seu retiro: “ontem de manhã eu abri minha garagem e dei de cara com mais de 300 jornalistas. Imagine se eu vou contar pra vocês onde eu vou agora”, encerrou, com o maior bom-humor.

registrado em: